Indigo & Cristal

Indigo & Cristal
POR SERMOS ESPECIAIS
As crianças Índigo denunciam todas as estruturas fracas, frágeis e ultrapassadas existentes na sociedade actual. Com este trabalho os Índigo abrem caminho vibracional para os meninos Cristal. Estes continuarão depois o trabalho com energias mais subtis orientando o futuro de uma forma diplomata e amorosa.

Quando uma criança Índigo perde a ligação com a mãe Terra, perde o seu centro e por isso o seu equilíbrio. Deve nessa altura fazer uma meditação. Utilize sons da natureza para o ajudar a estabelecer a ligação o mais rápido possível. Repita o exercício várias vezes por semana e se possível sempre a mesma hora. Sobre tudo dê o exemplo, já que é por exemplo demonstrado que pode conseguir com paciência que este exercício passe a fazer parte integrante do dia a dia da criança ou jovem adolescente.

Uma criança Cristal perde o centro se exposta a situações que provocam o encerramento do chakra do coração, ou exposta a situações que perturbem gravemente o seu sistema emocional. Para equilibrar o seu sistema, este deve ficar mais tempo ligado à natureza.

A vibração índigo, centrada no 3º chakra tenta estar em contacto com tudo o que o rodeia e tem a capacidade de perceber tudo com verdade. A vibração Cristal quer deixar o individual e mudar para a perspectiva grupal, estão centrados no chakra do coração. A criança Cristal está centrada no coração por isso mais perto das emoções.

Tem um estreito contacto com tudo o que vive e se manifesta no planeta.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

COMO EDUCAR CRIANÇAS INDIGO E CRISTAL 2


São crianças que devem ser educadas apelando para a lógica, e o bom senso. São tipos de criança deve ser orientada, e esclarecida repetidas vezes.
Voltarmos aos dias da educação doméstica, quando nossas mães nos colocavam no colo, falavam conosco, ensinavam-nos a orar, orientavam-nos nas boas maneiras, nas técnicas de uma vida saudável, nos falavam de ternura e nos tornavam o coração muito doce, contavam estórias com final feliz em que o bem sempre acabava vencendo; são os métodos para tratar as modernas crianças, todas elas, Índigo, e Cristal.
Educar uma Criança Cristal pode ser um verdadeiro desafio. Em decorrência de sua alta sensitividade, frequentemente os assuntos não resolvidos dos pais são sentidos por ela, que será afetada negativamente por essas emoções.
A característica pessoal mais forte das crianças cristal é o seu poder. Elas são muito poderosas! É por isso essencial que os pais aprendam a respeitá-las e a negociar com elas. Senão essa energia poderosa será usada em lutas por poder que seus pais ou educadores nunca irão ganhar. Crianças Cristal têm várias virtudes e dons especiais que derivam das suas habilidades multidimensionais. Quando bem desenvolvidas elas têm a capacidade de ler os campos de energia das pessoas como muitas outras habilidades psíquicas, desde mover objetos mentalmente até ler livros sem abrilos e ainda têm uma grande habilidade de comunicar-se telepaticamente. É por isso que elas, às vezes, não falam até que tenham 4 ou 5 anos de idade. A missão de todas as Crianças Cristal é avançar a evolução humana pelo processo da ascensão. Elas estão aqui para nos mostrar como viver de uma
maneira completamente nova e diferente. Só por chegarem em tão grande número e ancorarem a Energia Crística, elas estão facilitando uma mudança nas energias planetárias. Também estão aqui para nos ensinar técnicas de vida multidimensional para o reconhecimento dos nossos plenos poderes.
Os Índigos geralmente desgostam da escola intensivamente. Elas ficam entediadas pelo passo vagaroso (para elas) e pelas tarefas repetitivas consideradas adequadas para as crianças pelos professores que não percebem a inteligência dessas.
Uma característica chave dos Índigos é frequentemente a ira. Elas não irão ser mandadas ou dominadas pelas supostas "figuras de autoridade". Num nível profundo, os Índigos não reconhecem "autoridade". Sabem que todos iguais, e por isso ficam irritados/furiosos com aqueles que assumem autoridade e se comportam ditatorialmente, quer sejam pais, professores ou patrões. Se as condições não permitirem uma reação mais direta elas ficam remoendo rancores, criando situações mentais de luta e destruição.
São as crianças que não suportam injustiça, que chegam a s punir quando comete uma injustiça. Nunca são indiferentes aos seres da natureza, desde um simples vegetal a um animal. Em fase mais nova ela pode até sacrificar um animal não por maldade, mas para descobrir como funciona. Se como alunos são problemáticas, por outro lado são bons educadores; elas são importantes como professoras porque tendem a ensinar pelo entendimento e mostrar ao discípulo que cada um é dono do próprio. Sabem como fazer o discípulo respeitar a si próprio. Adicionalmente elas estão a nos ensinar a dar valor ao Eu criativo e espiritual próprio e a não pôr tanto valor no sucesso material.
Os índigos podem ser considerados “detonadores de sistemas”. A área da vida pública em que os Índigos têm tido mais efeito é no sistema de educação. Os Índigos usam na sua maior parte o lado direito do cérebro e são energéticos e ativos. Eles não gostam de estar sentados e quietos por longos períodos, de lhe ser dito o que fazer e de ficar aborrecidos com tarefas repetitivas que falham em desafiá-los.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Loading...