Indigo & Cristal

Indigo & Cristal
POR SERMOS ESPECIAIS
As crianças Índigo denunciam todas as estruturas fracas, frágeis e ultrapassadas existentes na sociedade actual. Com este trabalho os Índigo abrem caminho vibracional para os meninos Cristal. Estes continuarão depois o trabalho com energias mais subtis orientando o futuro de uma forma diplomata e amorosa.

Quando uma criança Índigo perde a ligação com a mãe Terra, perde o seu centro e por isso o seu equilíbrio. Deve nessa altura fazer uma meditação. Utilize sons da natureza para o ajudar a estabelecer a ligação o mais rápido possível. Repita o exercício várias vezes por semana e se possível sempre a mesma hora. Sobre tudo dê o exemplo, já que é por exemplo demonstrado que pode conseguir com paciência que este exercício passe a fazer parte integrante do dia a dia da criança ou jovem adolescente.

Uma criança Cristal perde o centro se exposta a situações que provocam o encerramento do chakra do coração, ou exposta a situações que perturbem gravemente o seu sistema emocional. Para equilibrar o seu sistema, este deve ficar mais tempo ligado à natureza.

A vibração índigo, centrada no 3º chakra tenta estar em contacto com tudo o que o rodeia e tem a capacidade de perceber tudo com verdade. A vibração Cristal quer deixar o individual e mudar para a perspectiva grupal, estão centrados no chakra do coração. A criança Cristal está centrada no coração por isso mais perto das emoções.

Tem um estreito contacto com tudo o que vive e se manifesta no planeta.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O Despertar duma nova "Geração" 1

Diante das evidências do despertar de uma nova geração, segundo os ensinamentos da Teosofia e de outras doutrinas, exatamente a 6a. do ciclo planetário terrestre, é natural que os estudiosos indaguem como essa transformação racial será, ou está sendo processada biologicamente. Vem nascer uma nova espécie geneticamente definida, com características diferentes da atual? - Certamente não.
As condições para o surgimento daquilo que nós chamamos "uma nova raça” não requerem obrigatoriamente uma espécie mutante, isso porque a maioria dos genes existem silenciosamente, só se manifestando quando há estímulos adequados. Quando nos referimos ao termo mutante numa palestra sobre os herdeiros da terra queremos salientar que a rigor, geneticamente falando, eles não serão propriamente mutantes e sim humanos nos quais os estímulos de uma nova era se fará sentir para o despertar de “genes silenciosos”. Mutação é o resultado de um processo em que alguma coisa determina uma alteração dos gens, isto é, a programação genética sofre modificações. 

Quando uma raça é substituída ‘’quando um novo ciclo tem inicio as características físicas não mudam muito, pois os fracassos e sucessos evolutivos não dependem muito de uma forma além da humana actual. Toda problemática de um ciclo é mais uma decorrência do lado espiritual e não físico, a problemática é essencialmente espiritual. As diferenças evidentes são aquelas referentes aos valores morais, todos os que refletem o grau de desenvolvendo espiritual.
As alterações biológicas no transcorrer dos milênios têm se modificado, porém não de uma forma muito marcada como querem fazer crer algumas doutrinas. As modificações físicas ocorridas, em grande parte, são aquelas inerentes às adaptações progressivas do ser humano as condições planetárias e siderais. Mas, o que caracteriza um ciclo não é uma mudança cabal na forma física, haja vista que a raça Atlanta era quase nada fisicamente diferente da actual. No processo de sucessão racial não é uma alteração mutante o que de principal acontece, e sim é mais um afloramento de condições e capacidades emocionais e psíquicas que na verdade já estavam programadas geneticamente, porém imanifestas até então, isto por não se fazerem sentir ainda a necessidade delas. Dissemos num tema anterior que o patrimônio genético de um indivíduo não tem uma única alternativa de desenvolvimento físico. O resultado da manifestação dos gens depende de circunstâncias várias, incluindo as condições ambientais. Um mesmo código genético sob determinadas condiçõesgera certas qualidades, e sob outras condições gera algo um pouco diferente, contudo, todas as características que surgem já estão previstas na codificação gênica (Exceto num caso de mutação). São mensagens já impressas nos gens de todas as suas células. Por isso a 6a raça já está contida na 5a assim como naquela estará contido a 7a. A primeira raça já trazia todas as características da nossa, porém algumas características físicas estavam ainda imanifestas.As diferenças físicas entre as raças vão surgindo à medida que as condições ambientais vão se transformando de tal modo que algumas estruturas tenham que se adaptar para que possam actuar com a efetividade necessária.
À medida que certas condições vão surgindo ocorre um desfavorecimento para uma raça e um estímulo para a manifestação das características de uma outra.
É possível que a causa determinantes do surgimento de algumas modificações características sejam factores cósmicos ou siderais e talvez por isto tanto se fala na ERA DE AQUÁRIOS. Estamos vivendo um período de transição sideral em que a terra está deixando a sua posição aparente numa constelação e penetrando em uma outra, exatamente na de Aquarius.
Porém não é algo fora de propósito a afirmação de que a própria ingerência de uma raça sobre o meio ambiente acabe se constituindo um fator desencadeado do surgimento das características biológicas de uma raça mais apta para s novas condições. Assim sendo, é possível que todos os fatores que a humanidade introduziu no mundo de hoje sejam responsáveis pelo despertar da raça que está sucedendo à actual.
O código genético responde de acordo com os estímulos, portanto, quando estes se modificam a um nível ideal outra raça surge, os estímulos determinantes das características desta, como dissemos, podem ser cósmicos, mas podem também ser ambientais, como poluição por inúmeras substâncias, modificações do clima em decorrência de alterações no meio ambiente, etc. Os seres vivos se adaptam às novas condições, modificam-se surgindo características biológicas antes imanifestadas, porém já programadas no código genético.
Agora, em resposta à indagação feita no início da palestra anterior de quando surgirá a nova raça, diremos: A RAÇA FUTURA JÁ SURGIU em todas as partes, em todos os grupos sociais, e mesmo em todos os lares.
Hoje vivemos num mundo dividido no tocante à maneira fundamental de ser. Por um lado temos um grupo de indivíduo insensível, calculistas, frios e egoístas. Neste grupo situam-se muitos executivos, directores e donos de grandes empresas, industriais, empresários frios, manipuladores das riquezas do mundo, os inescrupulosos, os marginais, os fazedores de guerras e fomentadores de desentendimentos, promotores de revoluções e de revoltas, os inconformados que vivem tentando destruir tudo, os mutiladores da face da terra, os tiranos, financistas, estupradores, seqüestradores, perversores, dilapidadores, bajuladores, vendilhões da dignidade humana, corruptores da moral, mercadores e empresários
do sexo, e tantos outros.
Contrapondo-se a tudo isso estão os sensatos, os propugnadores dos valores nobres do espírito, os defensores do meio ambiente, os dotados de dons paranormais e, por incrível que pareça, até mesmo muito dos viciados em drogas psicoativas.
É evidente que uma nova ordem social necessita ter uma mentalidade humanística completamente diferente da actual.
Assim tudo sendo, o chamado chegou e os que são capazes de ouvi-lo reagem de alguma forma.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Loading...